quinta-feira, agosto 05, 2010

Sistema de Referência de Coordenadas

Aproveitando as dicas do Jorge Santos em seu blog Processamento Digital, vou colocar esse post sobre Sistema de Referência de Coordenadas (SRS - Spatial Reference System ou SRID - Spatial Reference ID [identifier]) que é essencial em todos os SIG's (seja para armazenar geometrias em bancos de dados espaciais, seja para utilizar recursos de reprojeção em tempo real ("on-the-fly").
1.° Prj2EPSG: site feito pela empresa OpenGeo, converte um arquivo .prj (aquele que faz parte do seu shapefile e guarda as informações sobre o Sistema de Coordenadas) e retorna os parâmetros e o código EPSG correspondente.
2.° Spatial Reference: é um site de Howard Butler, Christopher Schmidt, Springmeyer Dane, e Livni Josh que ajuda a ajudar os outros em seu entendimento, gravação e utilização de sistemas de referência espacial. Nele você encontra uma listagem de diversas referencias:
* 4362 referências EPSG (European Petroleum Survey Group - absorvido pela OGP [International Association of Oil & Gas producers] Surveying and Positioning Committee em 2005);
* 447 referências ESRI (produtora do famoso SIG ArcGIS, do formato shapefile e membro principal do Open Geospatial Consortium, Inc.® -OGC, por isso que o shape é um formato vetorial padrão pra tudo quanto é programa de SIG!);
* 2380 referências IAU2000 (International Astronomical Union (IAU), fundada em 1919);
* 461 referências spatialreference.org
Essas referencias são dadas pelo site com base nas bibliotecas GDAL e Proj4, e que além de informar os parâmetros delas você pode salvar como um arquivo .PRJ (e aqui está o segredo: você pode renomear esse arquivo para o nome do seu arquivo shape que fará com que os SIG's reconheçam automaticamente o sistema de coordenadas, o mesmo vale se você copiar e renomear o .prj de outro shape que esteja no mesmo sistema que irá funcionar, pois o .prj nada mais é que um arquivo texto com os parâmetros do sistemas de coordenadas - como datum, elipsóide, sistema de projeção, meridiano central, etc.).
Se você quiser ver a área de abrangência de um determinado sistema de projeção (area geografica e cobertura de um código EPSG) a dica vem do blog do Fernando Quadro (citando o Blog do Geoserver): http://demo.opengeo.org/geoserver/web (aparentemente o demo está restrito a 3 exemplos EPSG, antigamente você podia escolher qualquer um deles para ver a área de validade)
Acesse: http://demo.opengeo.org/geoserver/web/?wicket:bookmarkablePage=:org.geoserver.web.demo.SRSDescriptionPage&code=EPSG:3032