OGR2GUI – Conversor de Formatos e Sistema de Coordenadas.


OGR2GUI (graphical user interface for ogr2ogr) é um aplicativo usado para converter e manipular dados geoespaciais.
Baseia-se no ogr2ogr, um utilitário de linha de comando da biblioteca geoespacial GDAL -"Geospatial Data Abstraction Library” (gdal.org).
Através de sua interface gráfica do usuário, ele dá todo o poder do ogr2ogr sem se preocupar com sua sintaxe complexa. Ele traz velocidade, eficiência e simplicidade para seus usuários, na forma de um executável stand alone (Windows).


Esta versão (0.6) utiliza a plataforma Qt e adiciona suporte para formatos de bancos de dados como Oracle Spatial e PostgreSQL. Também adiciona suporte para formatos .GMT, .GPX, .GXT, GeoJSON e FME Objects Gateway.

OGR2GUI (http://www.ogr2gui.ca/en/index.php) é um projeto de código aberto lançado sob a GPL License.
Note que a Inventis não vai mais apoiar o projeto mais devido à falta de tempo – e na ausência de uma comunidade de programadores, você está convidado para desenvolvê-lo para seu próprio propósito!

Atualização das bibliotecas geoespaciais GDAL/OGR – versão 1.10

As bibliotecas GDAL (Geospatial Data Abstraction Library) e OGR (Simple Features Library – o nome veio de OpenGIS Simple Features Reference Implementation, mas não foi aprovado como padrão OpenGIS da OGC), são bibliotecas em C++ para tradução de dados no formato raster e vetor, tendo como características principais a licença "Open Source" (código aberto), suporte a diversos formatos de imagens e possibilidade de utilização de seus aplicativos através de linhas de comando.
É mantida por Frank Warmerdam e seus arquivos fonte estão disponíveis em http://www.gdal.org para download gratuito, encontrando-se atualmente na versão 1.10.
A biblioteca GDAL/OGR  é distribuída sob os termos da Licença X11/MIT.
Destina-se a dar-lhe permissão para fazer o que quiser com o código fonte do GDAL: baixar, modificar, redistribuir como quiser, incluindo a construção de software comercial proprietário, sem a permissão de Frank Warmerdam, da Fundação OSGeo ou qualquer outra pessoa.
Elas são responsáveis, no QGIS pela leitura e gravação dos diversos formatos raster (grid / matricial) e vetorial, além de ferramentas para manipulação e edição de imagens e transformações de Coordenadas.
Graças à biblioteca GDAL tem-se disponíveis no QGIS, ferramentas para:

  • Georreferenciar Imagens;
  • Interpolação de Dados;
  • Mudar ou Fixar Projeções e Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC) de Imagens;
  • Converter formato de arquivos ou de tipo de formato (raster <>vetor);
  • Recortar Imagens e extrair curvas de nível;
  • Fazer Análises de Terreno (relevo, declividade, direção de vertentes);
  • Fazer mosaico de cenas de imagens de satélite ou empilhamento de bandas (junção das bandas espectrais em uma cena única).

*Por enquanto, ainda não está disponível a atualização para o QGIS, nem pelo instalador avançado do OSGeo4W.

    Conversão de dados

    No site do MapWindow, tem além desse excelente SIG gratuito, ferramentas para conversão de dados stand-alone como DXF to Shapefile (CAD para Shape) e CSV to Shapefile (tabela de pontos com coordenadas em formato texto separado por virgulas) e Georeferencing Tool (para registro de imagens com 3 pontos de controle).
    GPS TrackMaker é um programa gratuito (a versão Pro custa R$189,00) feito por Odilon Ferreira Junior que faz conversão de dados de diversos formatos de mapas (Shape, KML, DXF, CSV, etc.). É um programa de edição de dados de GPS no computador para carregar mapas no seu aparelho. Você pode converter arquivos vetoriais .shp (de SIGs) em .kml (Google Earth).