GEOKRIGE – Análise Geoestatística e Modelagem 3D

Lançamento do programa GEOKRIGE de Análise Geoestatística e Modelagem Geológica e Geotécnica 3D (tridimensional) no 48° Congresso Brasileiro de Geologia, em Porto Alegre – RS.

http://www.geokrigagem.com.br
  • Cálculo e Modelagem de Variogramas;
  • Krigagem Ordinária com Determinação de Incertezas;
  • Regularização de Sondagens por Bancadas e Down-the-Hole;

  • Modelagem Geológica com informação Estrutural das Litologias;

    • Edição Interativa de Seções Geológicas e Modelagem Implícita;

    • Visualização 3D com renderização otimizada dos Modelos de Blocos.

    QGIS Midvatten plugin

    Midvatten plugin for QGIS

    O Complemento destina-se a ser um conjunto de ferramentas que faz do QGIS uma interface para edição/visualização de dados observacionais hidrogeológicos (perfurações, níveis de água, dados sísmicos, etc.). Dados observacionais são armazenados em um banco de dados espacial-habilitado para  SQLite (ou seja, SpatiaLite).

    https://github.com/jkall/qgis-midvatten-plugin/wiki

    Tutorial

    https://github.com/jkall/qgis-midvatten-plugin/wiki/Tutorial

    The Stanford Geostatistical Modeling Software (SGeMS)

    O Programa de Modelagem Geoestatística de Stanford (SGeMS) é um pacote de computador de código aberto para a solução de problemas que envolvem variáveis espacialmente  ​​relacionadas.
    Ele fornece aos praticantes de geoestatística uma interface amigável, uma visualização 3-D interativa, e uma grande variedade de algoritmos.

    A Editora da Universidade de Cambridge publicou o livro Applied Geostatistics with SGeMS que você pode adquirir em livrarias e pode baixar o CD com a base dados gratuitamente no próprio site do SGeMS {http://sgems.sourceforge.net}.
    Outra fonte excelente e gratuita é o Open File Report publicado pelo Ricardo Olea, da USGS:
    Olea, R.A., 2009, A practical primer on geostatistics: U.S. Geological Survey Open- File Report 2009-1103, 346 p. .

    CityGML – Modelagem de Cidades Virtuais em 3D

    CityGML é um modelo comum de informação para a representação 3D de objetos urbanos.
    Ele define as classes e relações para os objetos topográficos mais relevantes nas cidades e modelos regionais com relação à suas geometrias, propriedades topológicas, semânticas e aparência.
    Estão incluídas hierarquias de generalização entre as classes temáticas, agregações, as relações entre objetos e propriedades espaciais. Estas informações temáticas vão além dos formatos de intercâmbio de gráficos e permite empregar modelos virtuais de cidades em 3D para tarefas de análise sofisticada em diferentes domínios de aplicação, como simulações, mineração de dados urbanos, gestão de instalações e consultas temáticas.
    É um novo padrão da OGC e que pode ser usado para a representação urbana completa, ou seja, integrar ao SIG a representação de uma cidade inteira. Já existem programas abertos ou gratuitos que usam o novo padrão, alguns sendo apenas visualizadores e outros permitindo edição e conversão, e que também pode ser empregado na Web.
    Alguns exemplos de programas que usam a especificação CityGML:

    Aristoteles Viewer
    O projeto Aristoteles Viewer foi projetado como um framework para aplicativos que precisam desenvolver, demonstrar ou avaliar novas características para modelos 3D.

    Ele é feito principalmente para uso científico e foi desenvolvido para visualizar, editar e atualizar dados 3D em conformidade com a especificação GML 3.x. Ele permite que usuários e desenvolvedores não só visualizar a cena, mas também para ter acesso aos dados semânticos, atributos ou metadados fornecidos com os modelos 3D.
    Para atingir a flexibilidade necessária durante o processo de personalização e reduzindo a necessidade de código fonte para ser lido, existem vários complementos de interfaces fáceis de usar disponíveis, que podem ser usados para testar, por exemplo, novos tipos de controle,  novos operadores para mudar o cenário, novos componentes de escolha ou filtros de exportação. Estas interfaces são uma vantagem principal e estão no foco deste projeto.


    CityGML software development

    ·       3DCityDB
    The 3D City Database is a free 3D geo database to store, represent, and manage virtual 3D city models on top of a standard spatial relational database
    ·       Importer/Exporter
    The 3D City Database Importer/Exporter is a Java based front-end for the 3D City Database
    ·      citygml4j
    citygml4j is a Java class library and API for facilitating work with the City Geography Markup Language (CityGML).

    BiMserver
     

    TerrainView
    TerrainView é um programa livre (para uso não comercial) de visualização 3D da ViewTec para a visualização interativa de dados 3D.

    Modelagem e Visualização 3D

    Objetos tridimensionais podem ser modelados na forma vetorial (pontos, linhas, poligonos e redes – mesh ou wireframe) ou na forma matricial (superfícies – pixel e volumes – voxel).
    A maioria dos programas de SIG ou GIS só modela superfícies, como os Modelos Digitais de Terreno – MDT. Para a modelagem de volumes ou sólidos é preciso recorrer a programas especializados, como Datamine Studio 3, Maptek Vulcan, GEMCOM GEMS ou Surpac usados na mineração, gOcad na mineração e petróleo, C TECH EVS/MVS na area ambiental e mineração e ITTVIS ENVI/IDL em sensoriamento remoto e medicina, todos comerciais. Uma alternativa é usar programas com modulos/ferramentas experimentais gratuitos que são pouquíssimos, o melhor exemplo é o GRASS que faz a modelagem 3D com voxels e que podem ser visualizados no módulo NVIZ, outro programa, comercial mais de menor custo é o Surfer (superfícies) e o Voxler (solidos) da Golden Software, usados na mineração e aplicações ambientais, custando $599 e $359 respectivamente.
    Alguns programas gratuitos para modelagem 3D de superfícies e visualização:
    3DEM: http://www.visualizationsoftware.com/3dem.html,
    MicroDEM: http://www.usna.edu/Users/oceano/pguth/website/microdem.htm
    Terragen: http://www.planetside.co.uk/terragen para renderização de superfícies
    Landserf: http://www.landserf.org, SIG para análise de relevo/superfícies
    OpenEV: http://openev.sourceforge.net, esse é um SIG com ferramentas para edição de vetores, análises e processamento de raster e visualização 3D.

    Virtual Terrain Project – Modelagem 3D

    O objetivo do VTP é promover a crição de ferramentas para facilitar a construção de qualquer parte do mundo real de forma interativa em formato digital 3D. Além do runtime environment VTP Enviro (algo como "máquina virtual"), eles desenvolvem outras ferramentas para a Modelagem 3D e Simulação. Tem um grande acervo de áreas modeladas, DEM‘s (en) ou MDT (pt), além de uma vasta coleção de dados e informações sobre modelagem 3D.
    Acesse: http://www.vterrain.org/index.html
    Você pode encontrar uma grande lista de programas comerciais e gratuitos para modelagem 3D no site, bem como baixar modelos digitais de terreno (ou elevação) do mundo todo.
    Acesse: http://www.vterrain.org/Packages/NonCom (programas gratuitos – freeware).