QGIS Serval Plugin

Serval é um Complemento do QGIS para definir os valores das células de um Raster.

https://github.com/erpas/serval/wiki

Os usuários podem editar diretamente os valores das células do Raster usando o Serval plugin no QGIS.

Referências

http://www.lutraconsulting.co.uk/blog/2016/09/05/serval
http://docs.qgis.org/2.8/pt_BR/docs/gentle_gis_introduction/raster_data.html

Alternativa ao OpenLayers no QGIS: ArcGIS Online

O grupo de usuários do QGIS da Irlanda publicou um método para adicionar o ArcGIS Online global raster basemap no QGIS para usar como uma alternativa ao complemento OpenLayers (que muitos tem relatado problemas no uso dele):

Dos serviços Servidores de Mapas da ESRI, que usam os padrões Representational State Transfer (REST) e Simple Object Assess Protocol (SOAP).
Vetores com camada base do ESRI World Imagery via Terminal Python.
Basta copiar e colar o seguinte código no Terminal do Python no QGIS e pressionar Enter (Complementos – Terminal Python):
qgis.utils.iface.addRasterLayer("http://server.arcgisonline.com/ArcGIS/rest/services/World_Imagery/MapServer?f=json&pretty=true","raster")
Ao contrário de imagens baixadas pelo plugin OpenLayers o mapa base ESRI World Imagery é um raster verdadeiro, que tem atributos que são totalmente editáveis, por exemplo, o brilho, modo de mistura e transparência podem ser ajustados.
ESRI World Imagery também podeser impresso em uma resolução muito alta com outras camadas QGIS no mapa e sem deslocamento em relação a outras camadas, um problema evidente com o OpenLayers que não usa reprojeção "On the Fly" e só imprime camadas Google e do Bing em uma resolução baixa. É um mapa com base aérea ideal.

Referência para consulta: http://hub.qgis.org/wiki/17/Arcgis_rest
*Essa postagem é uma tradução da publicação original (indicada pelo blog QGIS UK User Group) da postagem do Ireland QGIS User Group Blog, acesse:

Atualização das bibliotecas geoespaciais GDAL/OGR – versão 1.10

As bibliotecas GDAL (Geospatial Data Abstraction Library) e OGR (Simple Features Library – o nome veio de OpenGIS Simple Features Reference Implementation, mas não foi aprovado como padrão OpenGIS da OGC), são bibliotecas em C++ para tradução de dados no formato raster e vetor, tendo como características principais a licença "Open Source" (código aberto), suporte a diversos formatos de imagens e possibilidade de utilização de seus aplicativos através de linhas de comando.
É mantida por Frank Warmerdam e seus arquivos fonte estão disponíveis em http://www.gdal.org para download gratuito, encontrando-se atualmente na versão 1.10.
A biblioteca GDAL/OGR  é distribuída sob os termos da Licença X11/MIT.
Destina-se a dar-lhe permissão para fazer o que quiser com o código fonte do GDAL: baixar, modificar, redistribuir como quiser, incluindo a construção de software comercial proprietário, sem a permissão de Frank Warmerdam, da Fundação OSGeo ou qualquer outra pessoa.
Elas são responsáveis, no QGIS pela leitura e gravação dos diversos formatos raster (grid / matricial) e vetorial, além de ferramentas para manipulação e edição de imagens e transformações de Coordenadas.
Graças à biblioteca GDAL tem-se disponíveis no QGIS, ferramentas para:

  • Georreferenciar Imagens;
  • Interpolação de Dados;
  • Mudar ou Fixar Projeções e Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC) de Imagens;
  • Converter formato de arquivos ou de tipo de formato (raster <>vetor);
  • Recortar Imagens e extrair curvas de nível;
  • Fazer Análises de Terreno (relevo, declividade, direção de vertentes);
  • Fazer mosaico de cenas de imagens de satélite ou empilhamento de bandas (junção das bandas espectrais em uma cena única).

*Por enquanto, ainda não está disponível a atualização para o QGIS, nem pelo instalador avançado do OSGeo4W.